Nº 15 Diciembre 2019

ISSN: 2173-8254

O impacto da gratuidade sobre a rede integrada de transporte de Curitiba

Autor/es: Marilia Isfer Ravanello. Brasil
Esse artigo apresenta uma análise do impacto que a gratuidade e a tarifa única têm sobre o bom funcionamento e a sustentabilidade do sistema de transporte de Curitiba. Para isso foram utilizados dados, em série temporal, referentes à mobilidade e acessibilidade urbanas. Foram utilizados 16 indicadores que incluíram desde o número de habitantes de Curitiba, da RMC e do NUC e sua projeção para os próximos dez anos e sua relação com o número de veículos particulares, até a proporção entre o número de passageiros transportados e o número de passageiros pagantes. Concluiu-se que a sustentabilidade do sistema de transporte está diretamente ligada a três indicadores principais: o índice de motorização ? relação habitante x número de automóveis -, o número de passageiros transportados e o número de passageiros pagantes no transporte coletivo.
This article presents an analysis of the impact that the gratuity and the single fare have on the functioning and sustainability of the transport system of Curitiba. For this data has been used in time series, related to urban mobility and accessibility. We used 16 indicators that included since the number of inhabitants of Curitiba, the Metropolitan Region of Curitiba and the Central Urban Core and its projection for the next ten years and its relation to the number of private vehicles, until the proportion between the number of passengers carried and the number of passengers paying. It was concluded that the sustainability of the transport system is directly linked to three key indicators: the rate of motorization ? inhabitant ratio x number of cars ? the number of passengers carried and the number of paying passengers on public transport.